Assessments Profissionais

A base dos serviços de consultoria da Make It Works são prestados com duplo recurso, à PNL, definida por alguns autores como a arte e a ciência da excelência pessoal, e a gestão, apoiando-se numa abordagem de que as pessoas funcionam perfeitamente, utilizando, desenvolvendo e modelando os seus recursos, para alcançarem excelentes resultados.

Assim, os assessments da Make It Works, são desenhados à medida das necessidades dos nossos clientes, incluindo o diagnóstico de perfil e potencial do colaborador, a cultura da empresa, a análise das exigências do cargo e o estilo de gestão, todas elas contribuindo com inputs para o desenho da estratégia de acompanhamento, que traga benefícios diretos na melhoria dos resultados da empresa.

A Make It Works utiliza como ferramentas:

  • DISC (a ferramenta de assessment mais poderosa da atualidade.)
  • MBTI;
  • TOM – Teste de Orientação Motivacional;
  • BIP – Inventário de Personalidade e Competências para as Empresas;
  • Grafologia;
  • Coaching & Mindfulness.

É possível utilizá-los como ferramenta complementar nos processos:

  • Recrutamento e Seleção;
  • Feedback de Desempenho;
  • Gestão Atividades de Formação;
  • Gestão de Carreiras;
  • Gestão de Recompensas;
  • Satisfação Organizacional.

 

Para além dos assessments, a Make It Works tem ainda outra opção de serviços para clientes profissionais: o coaching que possibilita a criação de condições para o indivíduo, grupo ou organização possam descobrir as soluções para atingir os seus objetivos.

Os nossos programas de coaching são desenvolvidos, em função de um ou mais objetivos antecipadamente acordados, seja com os líderes ou com as equipas.

Em termos de ganhos a obter com a realização de programas desta natureza, é possível o desenvolvimento de competências de:

  • Auto-avaliação e Reflexão;
  • Transformação Pessoal e Superação;
  • Construção de relações de confiança;
  • Identificação e utilização de pontos forte e pontos fracos;
  • Reconhecimento do estilo de liderança;
  • Reconhecimento do estilo de comunicação com os outros;
  • Motivação de equipas, através da identificação do sistema de crenças e valores;
  • Reconhecimento de desempenhos, e conceção de feedback;
  • Delegação de forma eficaz.